Sarcopenia
  • 19/02/2020

A forma como você aperta a mão de alguém pode dizer muito sobre você. Existe até uma data criada para celebrar o aperto de mãos, que é o dia 21 de junho, como forma de estimular a cordialidade e amizade entre as pessoas (tem data pra tudo nesse mundo). Mas aqui não me refiro à sua personalidade, nem falo de medos ou insegurança.

A força com que você aperta a minha mão pode me falar sobre sua real chance de sofrer uma queda nos próximos meses, ou sobre sua chance de ser hospitalizado, sobre sua percepção da qualidade de vida e até mesmo sobre a chance de você morrer em um futuro não muito distante.

Essas são conclusões extraídas do Segundo Consenso Europeu de Sarcopenia, publicado em janeiro de 2019. Sarcopenia vem de perda de carne, de massa muscular. Hoje é considerada uma doença do músculo! Sua falência. O que esta revisão constatou é que ocorre primeiramente, com o processo de envelhecimento, perda de força muscular antes da perda de massa muscular. E isso é muito importante! No consultório utilizamos um dinamômetro manual para medir a força dos membros superiores e outros testes para medir a das pernas.

Diferentes estudos demonstraram que o pico de força e massa muscular ocorre por volta dos 25 anos de idade, se mantendo estável até por volta dos 50, quando começa a degringolar. A partir daí, ocorre perda de massa muscular por volta de 1 a 2 % ao ano, enquanto a de força vai de  1,5 e a 5 %. Nesse processo, participam genética e estilo de vida.  O antídoto? Dieta adequada, com ênfase em proteínas e exercícios físicos. De preferência, musculação!          

E você, colocou em suas resoluções de ano novo começar a fazer musculação 3 vezes por semana este ano? Não?

Então volte e leia tudo de novo!

Um grande abraço !

Geriatria – Dr Roberto M. Betito
http://geriatriafacil.com.br